segunda-feira, 2 de maio de 2011

Amor e Outras Drogas


Este filme não é daqueles que ficamos sem ar (ao menos pelas maravilhosas cenas de sexo entre os personagens) ou saímos com os olhos inchados de tanto chorar. É uma história típica de um mulherengo Jame, interpretado pelo galã Jake Gyllenhaal (que eu acho lindooo desde o filme Brockeback Mountain com Heath Ledger) que vive dando o fora nas mulheres de plantão. Ele é totalmente fã do sexo casual, até encontrar Meg (Anne Hathaway, que eu amo desde o Diário da Princesa), que sofre de Mal de Parkinson precoce aos 26 anos.
Até então sem problemas, tirando o fato de que o mulherengo se apaixona por ela, no entanto a doença pode atrapalhar o maravilhoso relacionamento. Ela orgulhosa não aceita que ele a ame tanto. Ele bonitão que pode ter qualquer mulher saudável aos seus pés.
Acredito que a moral que o filme passa é bastante interessante.
Até que ponto você é capaz de amar alguém na “Saúde ou na Doença”?


Jake está super engraçado nesse papel, e Anne cada vez mais supera a imagem de “mocinha inocente” que ela adquiriu interpretando a Princesa Mia Thermópolis no filme da Disney.
Sou suspeita de elogiar este tipo de filme já que eu AMO COMÉDIAS ROMÂNTICAS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário