quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Cinquenta Tons de Cinza

Peguei-me de surpresa ao conhecer esta obra tão tentadora.
Sou viciada em literatura estrangeira (nunca desmerecendo as Brasileiras), e admito que já li toda a coleção de Crepúsculo, inclusive tenho esta coleção. Sou fissurada nos romances policiais de Ágatha Christie. Porém, nenhum livro me intrigou e segurou tanto a minha atenção quanto Cinquenta Tons de Cinza, foi ao ler esta obra que fico encantada e com sede de escrever um Best Seller. Como estudante de Letras, este é meu objetivo depois de me formar, virar escritora, viver dessas fantasias...
Enfim, Christian Grey e Anastácia Steele nos levam a um mundo somente deles, onde o pudor não tem vez. É uma História de Sexo com uma pitada de romance. Sim, exatamente nessa ordem. Um mundo de fantasias eróticas e masoquistas que nós mulheres nunca admitiríamos ter. A Submissão feminina tão renegada pelas feministas de plantão... Um livro polêmico e cheio de situações um tanto constrangedoras, principalmente para aqueles que não admitem certos linguajares.
Cinquenta Tons de Cinza, é taxado como um livro que não tem nenhum tipo de poder Literário e não trará nada à sua vivência, principalmente pela sua escrita informal com termos  repetitivos. Penso que as pessoas que criticam são pessoas Frustradas profissionalmente, pessoalmente, sexualmente... Além disso, admiro a autora E. L. James que é uma Senhora e mãe de família em sua primeira obra. Toda leitura, traz algo para o ser humano, independente do conteúdo, basta ter a mente aberta para isso.
A verdade é que este livro nos leva a pensar, e principalmente conversar sobre ele com amigas, amigos, marido, namorado... além de ter uma história apaixonante com personagens muito carismáticos (me peguei rindo horrores deles).
Vale lembrar que em setembro será lançado sua continuação em Cinquenta Tons mais Escuros (que assim que eu ler postarei sobre), e o último desta trilogia que será lançado em novembro com o título Cinquenta Tons de Liberdade.
Os direitos de filmagem também já foram comprados por 5 milhões de dólares, ou seja, em breve teremos o Senhor Christian Grey e a Senhorita Steele no cinema, espero que fiel aos livros. Resta-nos apostar quem serão os queridinhos de Hollywood que interpretarão nossos queridos protagonistas...

Recomendadíssimo!



DICA: Ignore quaisquer tipo de feministas ou pessoas que se acham MESTRES NA ESCRITAS e de entendimento literário. A Melhor opinião sobre uma leitura, um livro ou um autor é a NOSSA PRÓPRIA PERCEPÇÃO!!!









Bjs da Mandy ^_^

Nenhum comentário:

Postar um comentário