sexta-feira, 10 de abril de 2015

Backstreet Boys & Eu

 Confesso que só os conheci em 1999, enquanto lançavam o CD MILLENIUM e o Hit do momento,
I Want That Way. Eu tinha pouco mais de 12 anos, e claro entrei na modinha das coleguinhas da classe, afinal elas já falavam deles há muito tempo. O mais engraçado foi como adquiri o meu primeiro cd, que por sua vez foi MILLENIUM mesmo. Estávamos fazendo compras, eu mamys e papys no Walmart, e então meu pai pegou o CD MILLENIUM e pôs no carrinho. Eu perguntei por quê ele estava comprando aquele CD se eu não havia pedido? E ele respondeu: São os carinhas que você gosta, não é?




Analisei o CD, e quando cheguei em casa, coloquei para tocar. Era um mundo que somente ricos conseguiam comprar CD, e eu tinha um dos Backstreet Boys. De cara reconheci I WANT THAT WAY, talvez das rádios (nunca tive costume de escutar emissoras de rádios), ou talvez pelas próprias amiguinhas que cantarolavam com seus Discmans na aula de Educação Física. 



Foi amor à primeira ouvida. Depois disso, os presentes que a Amandinha aqui sempre pedia eram CDs dos Backstreet Boys, afinal meu pai havia me dado o terceiro, ou seja, ainda tinham dois antes daquele. O segundo CD, BACKSTREET BACK foi fácil achar, minha mãe me deu de Natal, e no ano seguinte de aniversário ganhei o primeiro CD, que foi o mais complicado de encontrar, lembro que minha mãe atravessou a cidade para acha-lo e o encontrou absurdamente caro. Pronto eu estava completa... a moleca aqui já tinha a coleção completa dos CDS dos Backstreet Boys, então já podia fazer parte do assunto de menininhas da escola. 

Meu preferido? KEVIN, claro... moreno, alto de olhos azuis, o mais velho do grupo e mais maduro... nossaaa!!!

Como sofrem esses meninoss... =(
No final de 2000 (logo após a morte de meu pai), eles lançaram o CD BLACK AND BLUE, nessa época eu já tinha TV A CABO (a famosa DirectTV, quem lembra?), e seus inúmeros canais musicais, onde eu perdia horas gravando em fitas VHS muitos clipes deles, e de outros cantores também. E um deles me chamou mais atenção, era MORE THAN THAT, que embalava todos os dias meus finais de tarde. Eu já era adolescente, com quase 15 anos, e era a trilha sonora de meus romances secretos. Esta música se tornou de longe a minha preferida da vida.

Eu e mamys passávamos as tardes vendo os clipes deles, minha mãe os ama também, seu preferido? 
AJ. Pois é, aquele tatuado com cara de maloqueiro, e voz doce...

Em 2001 eles lançaram o GREATEST HITS:CHAPTER ONE (tô esperando o Chapter Two), uma coletânea de todos seus singles de maior sucesso, e claro uma música inédita, DROWNING
UMA MÚSICA SÓ!!! Foi aí que senti que “nosso” amor esfriou. Pôxa... meus ídolos estavam lançando uma Coletânea, só podia significar catástrofe. E exatamente como previ, eles sumiram! Depois de várias barras enfrentadas pelo grupo (entre elas a internação de AJ, em uma clínica de reabilitação), o grupo decidira dar um tempo na carreira... E então... foram 4 longos anos... 5 no total sem gravar um CD inédito.
E como todo relacionamento, tudo esfriou... passei esses anos ouvindo e vendo apenas músicas antigas, sem nenhuma nova emoção. #MomentoDrama
Eu terminei a escola, consegui meu primeiro emprego, comecei a namorar (meu atual marido), e nada deles voltarem... 
Aliás, Incomplete é um clipe M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O


E em 2005, de presente de Dia dos Namorados, ganhei NEVER GONE. Eles voltaram, a felicidade reinaaaa!!! Uhuuulll... 
Mesmo eles de volta à ativa, nós fãs percebemos que eles andavam em marcha lenta, e que alguma coisa poderia acontecer, e aconteceu. 



Cadêêêê o Keeeevinnn... :'(
Em 2007, com o lançamento de UNBREAKABLE, eles não eram mais o cinco Garotos da Rua de Trás, eles eram apenas quatro. Kevin anunciou sua saída e eu fiquei aos prantos... meu morenão saiu e eu estava arrasada. Mesmo assim, vida que segue né... #MomentoDrama2
E como previsto, 2 anos depois (porque parece que eles adotaram essa mania de lançar CD a cada dois anos), os quatro lançaram THIS IS US, que na minha opinião foi o CD mais fraco de toooooda a carreira deles.
Que foi? Fã também pode criticar, ué, e eu devo assumir... foi FRACOOO!!!!
Eles deixaram claro que agora eram os BACKSTREET UNCLES... numa tentativa desesperada de lançar músicas dançantes, no ritmo de baladas, sem muito sucesso. STRAIGHT THROUGH MY HEART tá aí para não me deixar mentir.

Como a carreira deles esfriou à bessa, um novo CD não sair dois anos depois, não nos espantou. Claro que morri de saudades e me perguntava sempre, por onde andavam. Eles fizeram uma puta turnê em 2011 (ou 2012, não me lembro direito), que quaaaaase fui, mas me contive. Em 2013, para nossa felicidade os Uncles voltaram, e trazendooooo KEVIN.
Um novo CD (que eu não encontro para comprar em lugar nenhum nesse país de merda, por um preço acessível), IN A WORLD LIKE THIS, que só tenho graças ao mundo dos Downloads, com músicas bacanas e bem ritmadas. 
Mas o melhor ainda está por vir... O SHOW!
Uma nova turnê vem aí, e meu ingresso para o meu primeiro Show já está comprado.
São Paulo, 12 de Junho de 2015!!! Guardem bem essa data, é nela que vou realizar o meu maior sonho, que guardo comigo desde 1999, desde a primeira vez que os ouvi, que os assisti. Posso até não vê-los de pertinho (afinal, sou pobre e vou de Pista), mas vou ouvi-los AO VIVO, cantar suas músicas, pela primeira vez na minha vida!
META: Sair rouca de lá... hahahaha!
Os tios mais lindos do mundo Musical... s2
Enfim... a ansiedade é grande, e faltando dois meses para esse grande dia, a única coisa que eu podia fazer, era contar um pouquinho como esse amor nasceu.

Cadu maridão que me perdoe, mas meu dia 12 de Junho, dia dos namorados desse ano, será com os outros amores de minha vida. Ainda bem que ele é compreensível, afinal, sonhos duradores devem ser realizados!

Beijos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário